3 formatos de eventos para comunicação corporativa

Existem muitos formatos possíveis para a realização de eventos corporativos porque dependem do tema, da quantidade de participantes, da sazonalidade ou altura do ano, e da interação desejada.


Desde pequenos eventos, mais intimistas, com maior participação dos colaboradores a grandes auditórios, onde são mostradas as últimas novidades da empresa ou celebrados os resultados anuais, tudo é possível.


A escala de envolvimento, investimento e planeamento prévio é que aumentam na proporção da dimensão do evento.


E quais os 3 formatos mais usados?



Eventos Presenciais Estes são indicados para eventos mais pequenos onde se pretenda uma maior interação entre os participantes, mais partilha, mais contacto.

São eventos mais propícios a gerar conexão entre colaboradores e a empresa, e por isso mesmo, proporcionam memórias e emoções que perduram.

Estes eventos são, geralmente, mais simples de preparar (mas podem também ter uma elevada complexidade – tudo depende do objetivo da empresa).

Quanto maior for o evento presencial mais aspetos terá que ter em atenção, e deverá planear com muito mais antecedência: Desde a escolha do local, à contratação da equipa de audiovisuais que vai acompanhar na produção e realização do evento (palco 22?), ao catering, à sequência das intervenções, convites, divulgação e marketing… tudo tem que ser pensado para garantir que vai ser um sucesso!


Eventos Online

Estes são indicados para empresas internacionais, com colaboradores e clientes dispersos por vários países, mas também para empresas nacionais com filiais espalhadas pelo país.

Podem ter algum grau de interação, mas torna-se mais difícil conectar os participantes.

A principal vantagem é poder ser acedido de qualquer parte do mundo e ganhar uma escala que, de outra forma, não seria possível. Imagine ter 13 milhões de participantes online num único evento? Fantástico! E essa proeza já foi alcançada em 2021.

Outra vantagem é a possibilidade de usar cenários virtuais para mudar e recriar novos ambientes instantaneamente e ter palestrantes de qualquer parte do mundo, com valores de investimento bem mais reduzidos (imagine hotéis, deslocações, catering…).


Eventos Híbridos

Estes eventos trazem mais desafios porque obrigam a toda a complexidade de montar um evento presencial mais um evento online em simultâneo, e conseguir que estes dois “mundos” funcionem de forma perfeita e síncrona.

É preciso assegurar que a sequência do evento, das apresentações, das interações com os colaboradores, sejam asseguradas e entreguem uma boa experiência a todos os participantes.

Não é dos formatos mais fáceis de implementar, mas é dos que promove maior inclusão de todos os colaboradores e por isso é um modelo muito válido para aplicar.


No final o que se pretende é que o evento seja um sucesso e que crie boas memórias para ser relembrado muito tempo depois, sendo que o formato a escolher irá ser determinante para um bom resultado.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo