Procura-se: Criatividade!


Todas as pessoas têm gostos, preferências, e, por vezes, hobbies a que se entregam com grande dedicação:

Desde a familiar que sabe fazer “aqueles” doces que deixam toda a gente com água na boca, ao amigo que é louco por pistas de comboios e passa o tempo livre a preparar pistas, a pintar modelos e a criar cenários fantásticos.


Há ainda os entusiastas, totalmente aficionados e empolgados com alguma coisa que vão construir, desenvolver ou criar.


Todos eles têm uma coisa em comum: a paixão que dedicam a essa atividade.


E quantas mais pessoas gostam da mesma atividade e adorariam aprender mais, partilhar conhecimento e ficarem ainda mais especializadas naquilo que já sabem fazer? Ou que adorariam aprender uma atividade nova?


Muitas, provavelmente mesmo muitas mais do que seria capaz de imaginar.

É por isso que, quando essas pessoas decidem partilhar o que sabem com os outros, começam a atrair quem, como elas, partilha a mesma paixão.


E criam-se grupos, comunidades, amizades e por vezes até casamentos com base num conhecimento que foi partilhado.


Todos nós podemos criar conteúdo para partilhar o que sabemos com os outros.

E hoje em dia, com os meios tecnológicos disponíveis, podemos chegar a toda a parte do planeta e encontrar pessoas interessadas no que queremos partilhar.


Não interessa se é um português que vive em Lisboa ou no Canadá, no Brasil ou na Austrália.


Chegamos lá.


Então o que nos impede de criar?


O que nos impede de partilhar?


O que nos impede de estruturar essa informação e fazer dela um programa, um curso, um webinar ou um workshop?


Falta de conhecimento tecnológico? Há quem o tenha e possa ajudar.


Medo de aparecer? De se expor? Há muitas formações apenas com a voz do instrutor.


Desconhecimento sobre como criar o programa, gravá-lo, editá-lo e comercializá-lo? Estamos aqui para ajudar a fazer isso.


O primeiro passo tem que ser o seu.


Quem sabe, ao ler este artigo, se questione:

“- Realmente… sempre quis fazer isso, mas havia sempre um mas….”


Talvez esteja na altura de mudar isso.


O mercado dos infoprodutos está a crescer globalmente e hoje em dia é comum conseguirmos aceder a conteúdos relevantes e a comunidades vibrantes de partilha de conhecimento, independentemente do idioma, fuso horário ou localização.


Porque não criar o seu conteúdo relevante, partilhá-lo com os outros e ter o seu próprio grupo de pessoas que partilham da sua paixão? Não seria fantástico?


E pode ter a certeza de que não precisa fazer isso sozinho: há profissionais e especialistas que dominam tudo o que precisa fazer e acompanhado, irá mais longe e com mais orientação.


O primeiro passo é o seu.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo